Há um filme português que nos últimos meses acumulou prémios e mais prémios: desde a distinção da crítica em Cannes passando por Munique, na Alemanha, Miskolc, na Hungria, Sevilha em Espanha e até no Iraque em Duhok. Pois bem, essa é a proposta do cine-clube Octopus para a noite desta quinta-feira na Póvoa de Varzim. No Garrett às 21h45 vai ser exibido “A Fábrica de nada” realizado por Pedro pinho conta a história de um grupo de operários que se organiza quando percebe que administração está a retirar máquinas e matérias-primas para deslocalizar a produção. Os funcionários decidem travar o processo e como retaliação os patrões obrigam os trabalhadores a continuarem nos seus postos de trabalho, sem nada que fazer. O resultado é o que pode conferir logo à noite no cine-teatro Garrett a partir das 10 menos um quarto da noite. Os sócios do Octopus não pagam nada,o restante público tem de desembolsar quatro euros.

PARTILHAR