A funcionária de uma escola de Vila do Conde foi detida pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeita de introduzir droga na cadeia de Paços de Ferreira. A auxiliar de ação educativa, com 24 anos de idade, foi abordada no sábado quando ia visitar o seu companheiro, também preso por tráfico. Ao que conta o Correio da Manhã, a mulher tinha no interior do seu organismo 187 doses de vários tipos de droga, heroína, cocaína e haxixe. Do Estabelecimento Prisional do Vale do Sousa a PJ dirigiu-se a casa da dela onde foi apreendida haxixe para ser repartida por cerca de 300 doses. Apesar de ter sido detida sob a suspeita de tráfico de estupefacientes agravado, a mulher já se encontra em liberdade tendo, segundo o jornal, como medidas de coação a apresentação às autoridades três vezes por semana e as proibições de visitar reclusos e de sair de Vila do Conde. A droga nas cadeias tem valores de venda elevados, podendo um grama chegar aos 500 euros.  A Polícia Judiciária continua a investigar.

PARTILHAR